Slots 777

O Centro de Referência em Infectologia de Sobral (Cris) recebeu do Ministério da Saúde, na última quarta-feira (17/01),  as primeiras unidades dos medicamentos  Dolutegravir 50mg + Lamivudina 300mg, opções terapêuticas eficazes, seguras e coformuladas, que  representam a busca pela melhoria da qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV ou Aids (PVHA), permitindo ainda que os pacientes  façam seus tratamentos usando apenas um comprimido diário. Esse medicamento representa um avanço no tratamento proporcionando uma opção terapêutica  de maior comodidade  para os pacientes, melhorando sua qualidade de vida.

No contexto do “envelhecimento” e presença de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), adotou-se a estratégia de “terapia dupla”, conforme o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas de Manejo da Infecção pelo HIV em Adultos 2023. Neste contexto, os esquemas mais utilizados de terapia dupla associam a lamivudina 300mg ao dolutegravir 50mg em comprimidos separados, estratégia que não é recomendada para início do tratamento.

A migração para esse novo tratamento ocorrerá de forma gradual e contínua, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, sendo eles: pessoas com idade igual ou superior a 50 anos; adesão regular do tratamento; carga viral menor que 50 cópias no último exame; e ter iniciado a terapia dupla até o dia 30 de novembro de 2023.

Facebook
YouTube
Slots 777 Mapa do site