Mega roleta

Desde a última sexta-feira (04/02), equipes da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE) e a Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri) estão visitando produtores que ainda não vacinaram seus animais contra a febre aftosa em Sobral.

Até agora, as visitas, que ocorrem sem multa até o dia 2 de março, aconteceram nos distritos de Patos e Aracatiaçu e obedecem à lei estadual nº 17.805 de 2021. Para alterar o status de inadimplente, os criadores de bovinos e bubalinos (búfalos) preenchem uma ficha de regularização cadastral, atualizando os dados da propriedade.

Além disso, para os produtores que ainda não compraram o imunizante é dada uma autorização para a compra da vacina, que deve ser declarada posteriormente. Para os produtores que devem apenas a declaração é necessária a apresentação do comprovante da compra da vacina para a realização da declaração. Também é possível realizar a regularização cadastral na sede da Adagri ou da STDE, por meio do Escritório de Atendimento à Comunidade, da Coordenadoria de Sanidade Animal.


VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AFTOSA

A imunização contra a febre aftosa previne febre e lesões nas patas e na boca dos animais, comprometendo o desempenho produtivo dos rebanhos. A campanha é uma iniciativa da Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado (Sedet). Em Sobral, conta com o apoio da STDE.

 

Facebook
YouTube
Mega roleta Mapa do site