sorte7.co


Aconteceu nesta quarta-feira (19/02) a audiência pública “Coleta Seletiva é Legal”, momento de apresentação da Política Municipal de Resíduos Sólidos (Lei nº 1789/18). No Centro de Convenções, foi discutida a futura implementação da coleta seletiva no município de Sobral, que deve ocorrer ainda neste ano. O evento teve a realização do Ministério Público de Sobral com o apoio da Prefeitura.

O objetivo do encontro foi esclarecer e conscientizar sobre a importância do cumprimento da lei municipal e os impactos dela no trabalho dos catadores. Exemplos de coleta seletiva já praticados em Sobral, como é o caso do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE – campus Sobral) e Prefeitura (projeto Coletares), que enviam os resíduos recicláveis para as três associações de catadores do município, foram discutidos.

Os participantes que integram a gestão municipal falaram ainda sobre a coleta seletiva praticada no distrito de Aracatiaçu e sobre o futuro projeto piloto previsto para o bairro Sinhá Sabóia, a partir do início de funcionamento da Central Municipal de Resíduos (CMR).

O momento contou com a presença do promotor de justiça Paulo Henrique de Freitas; da promotora do Ministério Público Federal, drª Ana Karizia Távora; do assessor técnico da Secretaria de Serviços Públicos (Sesep), Luciano Vasconcelos; da secretária do Urbanismo e Meio Ambiente, Marília Ferreira Lima; do superintendente da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA), Jorge Trindade; do representante da Associação de Catadores do Bairro Dom José, Jonas Rocha; do secretário executivo do Consórcio para Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Sobral (CGIRS-RMS), Joselito Silveira; e do diretor geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE – campus Sobral), Eliano Pessoa.

Facebook
YouTube
sorte7.co Mapa do site