658bet

Quatro artesãs da Casa da Economia Solidária de Sobral comercializaram 1.184 produtos por encomenda, nos primeiros dois meses de 2022. As vendas foram feitas no formato de encomendas para as cidades de Fortaleza, Recife (PE) e São Paulo (SP) e incluíram sousplat de palha e crochê, mandalas, bolsas, cestas e suportes de panela de palha.

Uma das artesãs, Francisca Helena Duarte, 61 anos, moradora do distrito de Aracatiaçu, destacou a importância da Casa da Economia Solidária para a comercialização de produtos. ‘’Essa encomenda aconteceu porque a cliente viu o meu trabalho, entrou em contato com a Casa da Economia Solidária e pediu uma amostra. Ela gostou do produto e encomendou mais de cem peças de palha para serem usadas como lembrança de uma festa de casamento. A equipe da Casa é atenciosa e, graças a Deus, tenho vendido bem’’, completou a artesã.

De acordo com a gerente de Arranjos Produtivos e Economia Solidária da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), Livramento Albuquerque, o contato entre as artesãs e os clientes é intermediado pela equipe da Casa da Economia Solidária. O equipamento é coordenado pela STDE e atende mais de 300 pessoas divididas em grupos produtivos como os do artesanato, gastronomia e agricultura familiar.

Facebook
YouTube
658bet Mapa do site